Monday, October 6, 2008

Bolo de Frutas de Festa Mauro Rebelo


Essa receita foi feita pelo meu amigo culinarista Mauro Rebelo na comemoracao de seu aniversario em agosto...
Quando eu vi a postagem dele sobre esse bolo, babei... e minha primeira reacao foi pensar que nunca na vida eu seria capaz de fazer um bolo tao maravilhoso como aquele...
Cheguei a dizer a ele que eu iria sonhar com esse bolo, ja que meu cacife nao era pra tanto... Alias, eu nunca na vida tinha feito um bolo recheado...
Nao me lembro, mas acho que devo sim ter sonhado com o tal "bolo dos meus sonhos", me desculpem a redundancia... Porque com o passar dos dias foi crescendo em mim a vontade e a ousadia de querer faze-lo tambem.
Seria o aniversario da minha sogrinha querida em um mes, e pensei que o sonho poderia se tornar realidade...
Copiei a receita a mao, para ir "absorvendo" os detalhes... Surgiram mil duvidas, que o Mauro muito pacientemente foi esclarescendo.
Uma sugestao dada por ele e que eu acabei nao seguindo foi fazer um teste do bolo. Eu comprei uma balancinha de cozinha pra poder usar as medidas exatas e a dita demorou muuuito pra chegar, brinquei que ela deve ter vindo de burrico... chegou 1 semana antes do bolo oficial ser feito.
Mauro me passou um cronograma, e eu fiquei mais segura... Fiz o recheio de doce de leite e de ameixa com 1 semana de antecedencia e congelei. Roubei um tanto do doce de leite, confesso... mas nao tinha problema, pois minha forma era menor que a da receita original, entao eu sabia que haveriam sobras.
Na quinta-feira, seguindo o cronograma, fiz as massas do bolo. Renderam 2 bolos redondos nas minhas formas de 9 polegadas (23 cm), e ainda 12 cupcakes e 24 mini cupcakes... O que foi otimo, pois eu, o Carl e ate o Lucas fizemos a degustacao dos bolinhos...
Guardei as duas massas embrulhadas em plastico filme em meu forno, e infelizmente na manha seguinte, o Carl inadvertidamente ligou o forno para esquentar um de seus "scones" (uns bolinhos tipicos de cafe da manha aqui nos EUA), e arruinou minhas massas... que balde de agua fria!!!!
Como sou brasileira e nao desisto.... logo fui fazer outras duas massas, que ficaram igualmente lindas e fofas...
Mais tarde fui fazer o recheio que faltava, a baba de moca. Quando li a quantidade de acucar, fiquei totalmente perdida... Eu estava usando a balanca para todas as medidas, e a medida do acucar da baba de moca nao batia... Fiquei "ligeiramente" desesperada, hehe... e corri para a comunidade. A
Lou, outra amiga querida, estava por ali online e me aconselhou a usar a medida menor do acucar, melhor doce de menos que de mais no caso da duvida...
Mais tarde o Mauro percebeu essa pequena confusao na receita e corrigiu...
Comecei a fazer a tal baba de moca por duas vezes... A primeira me pareceu muuuito estranha, a tal calda, que eu pensei que tinha conseguido o ponto de fio, mas que quando esfriou ficou parecendo pedregulhinhos brancos... Joquei a pedraria de acucar no lixo, lavei a panela e comecei outra vez. Mas para meu desconsolo, ficou igualzinho, rsrs. Resolvi ir em frente, e nao sei como, depois acrescentar as gemas e aquecer de novo, tudo parece que entrou no lugar e se incorporou direitinho, ficou uma delicia e nem talhou, hehe...
Os fios de ovos foram uma aventura a parte. Fiz de acordo com as explicacoes do Mauro, com uma bisnaga, e me admirei de conseguir fazer de todo! Minha calda escureceu ja no comeco, e como eu nao sabia o porque, fiz alguns (claro que os primeiros viraram umas bolinhas), experimentei e vi que estavam gostosos, e entao mandei bala! Fui pegando mais o jeito a medida que ia fazendo, e no final fiquei com um punhado apresentavel, apesar de nao perfeito... grossinho e moreno... Da proxima vez ja tenho mais uma dica do Mauro para ir mexendo "freneticamente" a bisnaga para eles ficarem mais fininhos...
Hora de montar o bolo... cortei as duas massas ao meio e la fui eu monta-lo. Fiz a calda de regar, e me bateu uma suuuper duvida sobre o que seria "molhar bem, ou "nao molhar muito". Fiquei pensando se aquela quantidade de calda seria toda usada no bolo maior que o Mauro fez... eu nao usei nem metade no meu... e nas fotos dele cortado da pra ver que partes ficaram bem molhadas, talvez demais... Coisas que vou aprender ao longo dos anos e dos bolos que virao...
Achei lindo meu bolo antes de rechear. Coloquei na geladeira enrolado em filme plastico com muito orgulho.
No dia seguinte era a vez de cobrir e decorar. Preparei as frutas e la fui fazer o merengue. De novo a duvida cruel... o que seria "esquentar bem" as claras no fogao... Fiquei morrendo de medo de chegar a cozinha-las. Na batedeira o merengue ficou lindo, mas depois do bolo pronto, desandou, infelizmente... O Mauro achou que talvez eu tenha colocado acucar de menos, mas se cometi esse erro, nao percebi. Achei que usei a quantidade certa. Interessante que o merengue ficou lindo e super firme, mas depois de uma meia hora comecou a despencar. A inexperiencia pesou, literalmente.
Mesmo assim, ficou maravilhoso meu bolo. E eu senti uma baita felicidade quando minha sogra e cunhadas viram...
Depois do "happy birthday to you" ela cortou, e finalmente eu pude sentir o gosto do meu sonho... A realidade foi bondosa comigo, e estava realmente divino...
O primeiro bolo a gente nunca esquece... e se e' um bolo de frutas de festa como esse do Mauro... e' um tesouro pra se levar a vida toda...

Aqui a receita:

Rendimento: 50 fatias

MASSA:
(fazer duas massas - forma de 33cm de diâmetro)
Ingredientes:
6 ovos
3 xícaras (chá) de açúcar (520g)
3 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada (370g)
1 colher (sopa) de fermento em pó
200ml de leite
100g de manteiga ou margarina
baunilha (a gosto)

Modo de Preparo:
Bata os ovos na batedeira até dobrar de volume. Acrescente aos poucos o açúcar e deixe bater até que fique uma espuma bem brilhosa.
Desligue a batedeira e acrescente aos poucos a farinha de trigo peneirada incorporando delicadamente com auxílio de um fuê (batedor manual).
Coloque o leite com a margarina e a baunilha em uma leiteira e deixe ferver.
Acrescente o leite na massa mexendo delicadamente para incorporar.
Coloque em uma forma untada de 33cm de diâmetro e leve para assar em forno preaquecido na temperatura baixa (ou melhor baixa para média).
O bolo estará pronto quando você enfiar um palito (palito de churrasco) no centro do bolo e ele sair seco.
Deixe esfriar completamente para utilizar.

RECHEIOS:

Baba de Moça:
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de água (450ml)
4 xícaras (chá) de açúcar (720g)
1 colher (sobremesa) de essência de baunilha
20 gemas peneiradas
400ml de leite de coco
corante alimentício cor gema (a gosto)

Modo de Preparo:
Numa panela em fogo médio, coloque água e açúcar. Deixe ferver até formar uma calda em ponto de fio. Desligue o fogo e deixe esfriar.
Depois de frio, acrescente essência de baunilha, as gemas e leite de coco. Leve ao fogo para cozinhar. Se a baba de moça talhar, deixe esfriar até ficar morna e bata no liquidificador.
Use o corante com cuidado para que o doce não fique com aspecto artificial.
Se você usar gemas bem amarelas não será necessário usar o corante. (obs: eu nao usei)

Pasta de Ameixa:
Ingredientes:
500g de de ameixas secas
500ml de água
175g de açúcar

Modo de Preparo:
Em uma panela leve as ameixas com a água para cozinhar.
Quando estiverem macias, deixe esfriar e retire os caroços.
Leve ao liquidificador para virar uma pasta.
Acrescente açúcar e leve ao fogo para ferver e dar o ponto final do doce.

Doce de Leite:
Ingredientes:2 latas de leite condensado cozidas
200ml de leite de coco fervido

Modo de Preparo:
Bater na batedeira o leite condensado cozido com o leite de coco.

CALDA:
Calda para molhar massa:
Ingredientes:
500ml de água
175g de açúcar
5 cravos

Modo de Preparo:
Leve ao fogo até ferver.Deixe esfriar para aplicar no bolo.

COBERTURA E DECORAÇÃO:
Frutas:
1 lata de pêssego em calda
1 lata de abacaxi em calda
1 caixa de morangos (higienizados)
100g de ameixas secas
100g de cerejas ao marrasquino (eu usei framboesas fescas)
150g de fio de ovos
1 pacote de coco queimado em flocos (nao achei aqui nos EUA...)

Geléia de brilho da Ligia(para pincelar as frutas)
Ingredientes:
500ml litro de água
100g de açúcar
100g de amido de milho
suco de 1 limão

Modo de Preparo:Bata tudo no liquidificador e leve ao fogo até ferver. Se quiser, pode colocar essência de baunilha, de coco ou abacaxi.

Merengue:
Ingredientes:
2 xícaras de claras
2 xícaras de açúcar
gotas de baunilha (a gosto)

Coloque as claras e o açúcar em uma panela e leve ao fogo para esquentar mexendo rapidamente. Esquente bem, mas não deixe as claras cozinharem.
Bata na batedeira junto com gotas de baunilha até que fique na consistência para trabalhar com saco de confeitar. Use o saco de confeitar ou aplique no bolo e faça movimentos de cima para baixo com a parte contrária de uma colher de chá.
Você pode substituir o merengue por chantili.

MONTAGEM DO BOLO:
Com uma faca grande, corte os dois bolos ao meio. Assim ficaremos com 4 partes de massa.
Pegue uma parte da massa e coloque em um prato de bolo.
Regue com um pouco da calda. Não regue muito para o bolo não ficar encharcado.
Aplique uma camada generosa de doce de leite.
Coloque uma camada de massa por cima do doce de leite, regue com calda e coloque o recheio de ameixa.
Coloque novamente uma camada de massa e aplique uma camada generosa de baba de moça. Repare que não reguei calda nesta camada, pois a baba de moça costuma molhar bem.
Termine com a última camada de massa. Regue um pouco, embale com um plástico e leve à geladeira por no mínimo 4 horas.
Prepare o merengue, aplique no bolo, arrume as frutas usando sua criatividade.
Pincele geléia de brilho nas frutas e de preferência mantenha o bolo em refrigeração.


ULALA'!!!!

1 comment:

Olivio Cesar said...

Flávia,

Se você quiser posso te passar uma receita de torta doce da minha mãe. É uma receita de família e se chama Torta Delícia. Todo ano ela prepara esta torta no Natal e no Ano Nôvo.

bjs

Olivio Cesar